Escrevendo como os mesopotâmicos – 6º ano A

Escrevendo como os mesopotâmicos – 6º ano A
16 de junho de 2019 Escola Cristã Jundiaí

Os alunos do 6º ano A, durante as aulas de História, estudaram sobre a civilização mesopotâmica, desde sua localização, passando pelas suas principais características, até as contribuições deixadas por esse povo aos ocidentais.

Muitos vestígios foram encontrados, entre eles, as famosas tabuinhas de argila que surgiram da necessidade de anotar as intensas transações comerciais desenvolvidas por eles.

Para transformar a informação em conhecimento, foi realizado um trabalho sobre a escrita cuneiforme (feita com sinais em forma de cunha) e, assim como os mesopotâmicos, o povo do Crescente Fértil, os alunos registraram o seu nome em argila, desenvolvendo assim um trabalho interdisciplinar com Geografia em que foi estudado “Os Tipos de Solo”.

Certa sujeira foi necessária para a execução da atividade, que foi desenvolvida com muito entusiasmo pelos alunos, que experimentaram pela primeira vez o contato com esse recurso mineral.

O produto final foi positivo! Os alunos entenderam a rotina daquele povo e verificaram a fragilidade do material utilizado, já que alguns trabalhos insistiram em se fragmentar. Isso os intrigou a tal ponto que chegaram a  questionar como algo tão frágil resistiu ao tempo para servir atualmente de documento histórico e ficaram inconformados ao perceber que era a única maneira que os mesopotâmicos tinham para fazer as anotações.

 

Escola Cristã Jundiaí