Escola Cristã recebe visita da família Young (parte 3) – PALESTRA AOS PAIS, PROFESSORES E AMIGOS

Escola Cristã recebe visita da família Young (parte 3) – PALESTRA AOS PAIS, PROFESSORES E AMIGOS
23 de maio de 2018 Escola Cristã Jundiaí

Em parceria com o Colégio Degraus e com GFI-UDF (área de paternidade da Universidade da Família), na noite do dia 18 de abril, o casal Young deu a palestra sobre o tema Civilidade – cortesia, respeito e boas maneiras, pontuando algumas ações que devem ser praticadas, e quais são os conceitos e as crenças que geram essas ações.

Na era pós-moderna, é comum deixar-se levar por inúmeras coisas que roubam a atenção competitivamente a todo o momento. Por isso, é importante que, conscientemente, as pessoas estejam atentas às próprias práticas enquanto pais, para as incutirem aos filhos e alunos. Por exemplo, o contato visual ao cumprimentar alguém, o suficiente para conseguir se lembrar mais tarde, qual é a cor de seus olhos, se usa óculos ou não é uma atitude de civilidade que, entre vários significados, consta “atenção, estar atento aos outros”. Quem não gostaria de receber um “Bom dia!” com essa qualidade, em vez de uma resposta automática enquanto continua absorto no celular? As ações e palavras sempre transmitem uma mensagem. Por isso, as pessoas devem ser referências de respeito e cordialidade.

O casal Young não apresentou nenhum tema inédito. Dentre tantos temas possíveis de se abordar em relação ao assunto “Desafios da paternidade na pós-modernidade”, eles falaram de coisas óbvias e simples que, justamente por serem óbvias, a tendência é ignorá-las, mas que são importantes. O que é importante vale a pena ser repetido. Assim como o feijão de cada dia – carioca, preto, bolinha, fradinho, branco, fava, azuki etc. – temperado com sal e alho apenas, ou incrementado com bacon, calabresa, ou ainda na versão doce, aparece em pratos diferentes e de formas diferentes em todos os lugares do mundo, seja como prato principal ou como acessório, é fonte básica de nutrientes (proteínas, carboidratos, vitaminas, minerais e fibras) e, na mesa brasileira, repete-se na versão simples diariamente. Ouvir sobre respeito, cortesia e boas maneiras nunca é demais.

Contamos com a presença honrosa dos diretores nacionais do GFI-UDF* Dinart e Norma Barradas. Dinart e a professora Juliana (Espanhol 6º ano e coordenadora de línguas) foram os intérpretes das visitas americanas.

(*) GFI – Growing Families Internacional; UDF – Universidade da Família.

 

Escola Cristã Jundiaí