EMPUXO? PUXA! ISSO FAZ SUAR… – 9º ano

EMPUXO? PUXA! ISSO FAZ SUAR… – 9º ano
15 de novembro de 2019 Escola Cristã Jundiaí

A vivência de um dos conceitos de Física (Empuxo) pelos alunos do 9º ano numa aula de hidroginástica comandada pela professora Janaína da academia Via Brasil os fez suar… e muito! Não é fácil empurrar água dentro, materiais flutuantes como espaguete de piscina ou halteres de EVA. Demanda força braçal considerável, se o ritmo das repetições for acelerado. A água, por ser um fluido cujas moléculas estão muito mais próximas do que as moléculas do ar, opõe-se com força de resistência maior contra os movimentos que fazemos.

Correr dentro da água, fazer polichinelo, abrir e fechar as duas pernas simultaneamente mantendo-as dentro da água, chutar a perna para frente, alternadamente, sem tirá-la de dentro da água, fazer elevação de perna, fazer movimentos circulares com os braços segurando os halteres na posição vertical (mantendo-os dentro da água), todos esses movimentos levam a suar pra valer.

Foi uma aula extra de Física, mas também foi uma aula extra de Educação Física.  Os exercícios comuns de fortalecimento muscular, como, por exemplo, “abdominal”, é diferente quando realizado dentro da água. No ar, é normal ter o chão como apoio. E na água? Não é possível usar o “chão“ (fundo da piscina) como apoio, mas é possível usar espaguete ou halteres e chutar as duas pernas para frente mantendo-as dentro d’água. Isso seria como o da figura abaixo, à direita.

Bike na piscina? Sim, com um simples espaguete de piscina, é possível pedalar. O empuxo exercido pela água ajuda no equilíbrio, ao mesmo tempo em que fornece resistência para o trabalho muscular.

Foram assim as duas últimas aulas de terça-feira, fora de sala e da Escola, num dia quente de primavera (1º  de outubro), com atividade física “puxada” dentro da água que “não puxa para baixo”, mas “empurra para cima”. Ainda que houvesse ausência de alguns alunos à aula, não foi porque “bateram perna” (escaparam), mas por impedimento físico (enfermidade). Quem estava dentro da água, terminou a aula batendo pernas, apoiadas à barra na borda da piscina e, depois, com um alongamento.

 

Escola Cristã Jundiaí