Árvore de Valores – Melhores práticas OLEM

Árvore de Valores – Melhores práticas OLEM
7 de junho de 2018 Escola Cristã Jundiaí

Melhores práticas OLEM

Em nossa escola, há várias árvores ambientando as salas de aula e os pátios, feitas com a participação dos alunos e funcionários. Mas vamos nos deter à significação de uma, em especial. Trata-se da nossa “Árvore de Valores”, que foi projetada pela equipe e executada, pelo artista plástico Agilson Dias da Costa.

A ideia principal é interligar o trabalho alicerçado em valores que a Escola Cristã vem realizando aos valores propostos pelo programa Líder em Mim.

“O caráter das crianças se forma a partir de raízes fortes.” (https://olideremmimnoces.wordpress.com/)

Nas raízes encontramos os hábitos 1, 2 e 3, que definem nosso caráter e, por isso, incorporamos à raiz a fé, a autoridade, o amor e a família. A razão maior da existência da Escola Cristã é a contribuição na formação do caráter. Toda criança precisa de limites e a formação do caráter dá-se quando atitudes erradas são confrontadas e consequências sofridas, acompanhadas de encorajamento e incentivo às atitudes corretas, além de estímulos para vencer os obstáculos.

O tronco é que conduz os nutrientes à folha. É onde ficam representados os hábitos 4, 5 e 6, que definem nossa personalidade; assim também a escola é o caminho que conduz às boas práticas e, no caso da Escola Cristã, seguindo o lema “Informar a mente e formar o caráter”.

O hábito 7 localiza-se no alto da árvore. Ele representa nosso equilíbrio, físico, social/emocional, mental e espiritual tão importante como o Sol e a chuva, que fornecem energia à planta. Nesse caso, o Sol está representado pelo símbolo da Escola Cristã, nosso “Sol de valores”, alvo de nosso trabalho. Os frutos trazem descritos os valores a que almejamos, alguns colhidos em respostas diárias por nossos funcionários e alunos, outros lançados como sementes que produzirão frutos no futuro.

 

Escola Cristã Jundiaí